Debate pela promoção da equidade racial no mercado de trabalho


Por Redação

22/05/2023  às  14:29:13 | | views 7873


@Plataformaalas

Iniciativa da Fundação Tide Setubal, plataforma já beneficiou cerca de 300 lideranças negras em menos de dois anos


A promoção de lideranças negras é fundamental para a construção de uma sociedade mais justa e equitativa. E números não faltam para atestar que, no Brasil, ainda estamos bem distantes de um cenário otimista. As pessoas negras somam 56% da população brasileira, segundo o IBGE, mas ainda são minoria nos espaços públicos e privados de decisão. No setor privado, dados do Instituto Ethos mostram que profissionais negros ocupam somente 4,7% dos postos de liderança nas 500 maiores empresas do país – o número é três vezes menor do que o de pessoas brancas. As mulheres negras representam 9,3% dos funcionários dessas companhias e estão apenas em 0,4% dos altos cargos.

 

É nesse contexto que a Fundação Tide Setubal promove o seminário Plataforma Alas em Debate no próximo dia 5 de junho, em São Paulo. O objetivo é sensibilizar o campo do Investimento Social Privado e profissionais de Recursos Humanos a trabalharem pela promoção da equidade racial em cargos de decisões, por meio de programas de fortalecimento de lideranças negras e desenvolvimento de políticas e práticas que incentivem a diversidade e inclusão.

 

Lançada em 2021, a Plataforma Alas tem por objetivo estimular um pacto coletivo para acelerar a busca pela equidade racial nas posições de liderança no sistema judiciário, meio acadêmico, setor empresarial ou na política. Desde então, os editais de capacitação e formação já beneficiaram cerca de 300 lideranças. A plataforma criou um pacto coletivo que conta com o apoio de instituições negras e propõe o envolvimento de lideranças brancas em ações que possam gerar e ampliar tais oportunidades, a fim de que a mudança também seja refletida e realizada nos espaços que ocupam.

 

"Nosso objetivo é sensibilizar o campo do Investimento Social Privado e os profissionais de Recursos Humanos a se engajarem na promoção da equidade racial em cargos de decisão. Essas diferentes vozes estarão juntas para debater a importância de suas ações e também para pensar ações conjuntas. Somente dessa forma podemos construir um ambiente mais inclusivo e diverso, onde as lideranças negras possam ocupar os cargos de decisão que merecem. Trabalhando pela equidade racial e criando um futuro mais justo e com equidade", complementa Viviane Soranso, coordenadora do Programa Raça e Gênero da Fundação Tide Setubal.

 

O seminário Plataforma Alas em Debate marcará também o lançamento da segunda temporada da websérie "Caminhos: trilhas coletivas pela equidade racial", que estará disponível no canal Enfrente, no YouTube. Dividida em 4 episódios com duração de dez minutos cada, apresenta depoimentos de especialistas nos campos da política, do investimento social privado e das áreas de recursos humanos, além de lideranças apoiadas pela Plataforma Alas.

 

Programação

9h40 - Qual o compromisso do RH com a trajetória de pessoas negras?

A contratação de pessoas negras em empresas é fundamental para combater a desigualdade e a exclusão social que afetam a população negra há séculos. Diante desse cenário, quais passos já foram dados? Quais os desafios e as possibilidades para a contribuição do RH ao acesso, a manutenção e a promoção de espaços de poder para pessoas negras?

 

Debatem o tema: Isaura G.Oliveira Neta (liderança Traços) Denise Silva(Vetor Brasil)

Nadiane Martins (Unilever)

Mediação: Kenia Cardoso (Fundação Tide Setubal)


 

10h40 - Como equilibrar a atuação do ISP e a urgência do tempo na agenda de equidade?

Investir e se responsabilizar pelo enfrentamento às desigualdades raciais pode ajudar na criação de oportunidades mais justas e equitativas para pessoas negras e, por consequência, contribuir para um mundo mais justo e igualitário. O campo do investimento social privado tem dado alguns passos nesse sentido, mas quais são os desafios a serem enfrentados? Como assumir essa causa interna e externamente? Como lidar com a urgência do tema X o tempo organizacional?

 

Debatem o tema: Maria Páscoa Sarmento de Sousa (liderança Traços) , Diana Costa (Piraporeando), Cássio França (GIFE)

Mediação: Viviane Soranso


 

11h40 - Existência, resistência e presença de lideranças negras

A promoção de lideranças negras é fundamental para a construção de uma sociedade mais justa e equitativa. E pode ser um fator importante na luta contra o racismo e a exclusão social. Como as lideranças enxergam o campo do RH e do Investimento social privado em suas trajetórias? Estamos realmente em movimento?


Debatem o tema: Isadora Bispo dos Santos (Liderança Traços); Andre Degenszajn (Instituto Ibirapitanga); Neusa Lopes (Amil)

Mediação: Uvanderson Vitor da Silva

 

Serviço:

Plataforma Alas em Debate

5 de junho, das 9h às 13h

Itaú Cultural - Av. Paulista, 149

 



Comentários desta notícia 0



Comentários - ver todos os comentários


Seja o primeiro a comentar!

© Copyright 2002-2019 SEGNEWS - Todos os direitos reservados - É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita da Rede SegComunicação. SEGNEWS e SEGWEB são marcas da BBVV Editora Ltda, devidamente registradas pelas normas do INPI — Instituto Nacional da Propriedade Industrial.