Bolsonaro e Haddad vão decidir eleição para presidente dia 28


Por Redação

07/10/2018  às  23:35:48 | | views 103



O resultado foi matematicamente confirmado poucos antes das 21h pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE)


Jair Bolsonaro (PSL) e Fernando Haddad (PT) decidirão em segundo turno, no dia 28, quem será o futuro presidente da República. Bolsonaro obteve 46,6% dos votos válidos (mais de 47 milhões) contra 28,4% de Haddad (mais de 29 milhões de votos). O terceiro colocado, Ciro Gomes (PDT), atingiu 12,5% dos votos válidos (mais de 12 milhões de votos).

O resultado foi matematicamente confirmado poucos antes das 21h pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE). No momento, 96% dos votos já haviam sido apurados.

A coligação de Bolsonaro chama-se Brasil Acima de Tudo, Deus Acima de Todos e reúne, além de seu partido, o PRTB, do seu vice, General Mourão. Haddad, por sua vez, integra a coligação o “O Brasil Feliz de Novo”, formada por PT, PCdoB e Pros. Sua vice, Manuela d'Ávila, é filiada ao PCdoB.

Será a primeira vez desde 2002 que o segundo turno não será disputado entre PT e PSDB.

Veja abaixo os perfis de Bolsonaro e Haddad

Jair Bolsonaro (PSL)

Vice: General Mourão (PRTB)

Jair Messias Bolsonaro nasceu no dia 21 de março de 1955, na cidade de Campinas (SP). É militar da reserva e está em seu sétimo mandato na Câmara dos Deputados.

Bolsonaro surgiu como figura pública no fim dos anos 1980, lutando contra os baixos soldos pagos à corporação. Foi eleito vereador do Rio de Janeiro em 1988.

No fim de 1990, elegeu-se pela primeira vez deputado federal. Desde então, permaneceu na Câmara por mais outras seis legislaturas: de 1995 a 2018. Na eleição mais recente, em 2014, foi o candidato mais votado do Rio, com mais de 464 mil votos.

Ao longo de sua trajetória no Congresso Nacional, viu um projeto de sua autoria virar lei: o PL 2.514/1996, que estende o benefício de isenção do Imposto sobre Produto Industrializado (IPI) para bens de informática e automação. A proposta foi transformada na Lei 10.176, de 2001. Dois outros projetos de autoria do deputado foram aprovados, mas vetados pela Presidência da República.

Ataque

Jair Bolsonaro levou uma facada no dia 6 de setembro quando fazia campanha em Juiz de Fora (MG). Ele foi submetido a cirurgias e ficou o restante do mês em recuperação. Recebeu alta no dia 29 de setembro.

Fernando Haddad (PT)

Vice: Manuela d’Ávila (PCdoB)

Fernando Haddad (PT), 55 anos, nasceu em São Paulo, em 25 de janeiro de 1963.

Formou-se em direito pela Universidade de São Paulo (USP) e tem mestrado em economia e doutorado em filosofia. Foi analista de investimento do Unibanco e consultor da Fundação de Pesquisas Econômicas (Fipe). É professor universitário licenciado.

A primeira função pública de Haddad foi na prefeitura de São Paulo, em 2001, quando chefiou o gabinete da Secretaria de Finanças e Desenvolvimento Econômico.

Em 2003, trabalhou no governo do então recém-eleito presidente Lula como assessor especial do Ministério do Planejamento. No ano seguinte, Haddad foi para o Ministério da Educação, onde se tornou secretário-executivo. Em 2005, foi nomeado ministro da Educação. Foi também prefeito de São Paulo de 2013 a 2016.

Substituição

Em 11 de setembro, a menos de um mês do primeiro turno das eleições, o PT confirmou o nome de Haddad como candidato à Presidência da República. Ele substituiu o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, barrado pela Lei da Ficha Limpa.

Com informações da Agência Brasil



Comentários desta notícia 0



Comentários - ver todos os comentários


Seja o primeiro a comentar!

© Copyright 2002-2018 SEGNEWS - Todos os direitos reservados - É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita da Rede SegComunicação. SEGNEWS e SEGWEB são marcas da BBVV Editora Ltda, devidamente registradas pelas normas do INPI — Instituto Nacional da Propriedade Industrial.