Lituânia bloqueia trens com produtos russos para Kaliningrado


Por Redação

22/06/2022  às  10:15:01 | | views 25


© REUTERS/Alexander Ermochenko

Proibição pode afetar mercadorias como carvão e metais


A Lituânia impediu Moscou de enviar carregamentos por via ferroviária que passem por seu território para chegar até Kaliningrado, exclave [parte de um país que fica separada do restante do território] russo no Mar Báltico. A Rússia condenou com veemência a decisão.

 

A agência de notícias Reuters reportou que a movimentação é parte das sanções da União Europeia contra a Rússia em razão da guerra com a Ucrânia. A Lituânia, um dos países Bálticos, é membro tanto da União Europeia quanto da Otan (Organização do Tratado do Atlântico Norte).

 

O exclave russo de Kaliningrado faz fronteira com a Lituânia e com a Polônia.

 

O governador de Kaliningrado, Anton Alikhanov, estima que até 50% de todos os tipos de mercadorias podem ser afetados pela proibição, incluindo carvão, metais e materiais para construção.

 

Protesto

O porta-voz russo Dmitry Peskov disse que a decisão por parte da Lituânia não tem precedentes e vai contra a lei. O Ministério das Relações Exteriores da Rússia convocou o chefe da representação diplomática da Lituânia em Moscou para apresentar-lhe um protesto e ameaçar a imposição de possíveis contramedidas.

 

Por outro lado, outras agências de notícias informaram que o governo da Lituânia defende a medida, ressaltando que a proibição está alinhada com sanções da União Europeia.

 

O diplomata de mais alto escalão do bloco europeu, Josep Borrell, afirmou que vias terrestres não foram interrompidas, nem proibidas, e que o transporte de passageiros e de produtos não sujeitos a sanções está tendo continuidade. (Agência Brasil, com informações da NHK - emissora pública de televisão do Japão)



Comentários desta notícia 0



Comentários - ver todos os comentários


Seja o primeiro a comentar!

© Copyright 2002-2019 SEGNEWS - Todos os direitos reservados - É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita da Rede SegComunicação. SEGNEWS e SEGWEB são marcas da BBVV Editora Ltda, devidamente registradas pelas normas do INPI — Instituto Nacional da Propriedade Industrial.