Campanha Maio Amarelo chama atenção para transporte seguro


Por Redação

20/05/2022  às  15:12:01 | | views 153


© Divulgação Rodoviária do Rio

Atividades estão sendo realizadas nos terminais rodoviários do país


A Rodoviária do Rio, segundo terminal em movimentação de passageiros do Brasil, e mais oito terminais rodoviários do país estão realizando hoje (20), até as 15h, com a participação da  Associação Brasileira das Empresas de Transporte Terrestre de Passageiros (Abrati), em parceria com o Serviço Social do Transporte (Sest) e o Serviço Nacional de Aprendizagem do Transporte (Senat) o Dia D da campanha Maio Amarelo com o tema Juntos Salvamos Vidas.

 

A ação, organizada pelo Observatório Nacional de Segurança Viária, tem ainda o apoio da Confederação Nacional do Transporte (CNT), da Agência Nacional de Transportes Terrestres(ANTT) e da SOCICAM, empresa especializada em gestão de terminais de passageiros rodoviários e urbanos.

 

Para marcar o mês da conscientização sobre a segurança no trânsito, a Abrati programou atividades presenciais nas rodoviárias das principais capitais brasileiras. A intenção é reforçar a importância da união entre empresas regulares do transporte rodoviário terrestre e passageiros conscientes e responsáveis para a promoção de uma viagem tranquila e segura. Além do Rio, participam da ação as rodoviárias de Teresina, Fortaleza, Recife, Salvador, Brasília, São Paulo, de Vitória e de Curitiba.

 

Os passageiros que passarem pelos terminais vão receber orientações de funcionários das empresas regulares do setor sobre a importância do uso do cinto de segurança durante a viagem e sobre a responsabilidade da escolha pelo transporte regular e oficial. Já para os motoristas, equipes do Sest Senat estão passando informações sobre a importância da direção defensiva, o uso responsável do celular. Eles recebem também material de treinamento e um programa de reciclagem.

 

A previsão da Rodoviária do Rio é que hoje 30 mil passageiros transitem pelo terminal. A sexta-feira costuma ser um dia de maior fluxo em função do final de semana e da retomada das viagens de ônibus pelo Brasil. A campanha será veiculada nas mídias indoor, e ainda em cartazes e nas redes sociais da rodoviária.

 

Os canais virtuais de comunicação da Abrati também veiculam a campanha destacando o investimento e a capacitação das suas associadas para garantir viagens tranquilas e seguras à população. A entidade reúne mais de 80% das empresas regulares do setor. A campanha chama atenção ainda para o compromisso de que um trânsito mais seguro depende também de uma mudança de comportamento dos passageiros. “Infelizmente, muitos deles ignoram os riscos e embarcam em viagens ilegais, que desobedecem a regras e práticas fundamentais para um transporte seguro e confiável”, afirmou a Abrati, destacando que essa atitude pode gerar um grande prejuízo.

 

Esse também é o motivo da parceria da campanha do Maio Amarelo com a ANTT para ressaltar a relevância do transporte de passageiros seguir padrões estabelecidos a partir de regras que garantem a segurança das viagens.

 

“É preciso chamar a atenção de todos para o fato de que uma oferta de passagens mais baratas pode estar relacionada diretamente à falta de padrões de manutenção e ao descuido na capacitação dos motoristas, que pode colocar em risco a vida dos passageiros”, afirmou a conselheira e porta-voz da Abrati, Letícia Pineschi.

 

Conforme a Abrati, as empresas rodoviárias regulares desenvolvem programas permanentes de qualificação técnica e operacional da mão de obra, composta por cerca de 60 mil empregados diretos. Entre eles, 15 mil são motoristas. “A capacitação, a saúde e o descanso adequado dos motoristas são fatores preponderantes para uma viagem tranquila. Além disso, só por meio dos ônibus regulares é possível contar com aplicativos de alerta, controle de velocidade e monitoria da viagem”, apontou.

 

Entre as medidas de segurança do transporte, adotadas pelas empresas regulares, que vão desde o embarque ao desembarque feitos em terminais autorizados, seguros e fiscalizados, estão o envio, caso haja algum impedimento durante o trajeto, de um ônibus reserva em socorro do veículo principal, para atender os passageiros. Além disso, a segurança do passageiro é garantida pela oferta pelas empresas regulares de todos os seguros e indenizações previstas em lei, que incluem desde o seguro para bagagem até a cobertura e indenizações em caso de acidente.

 

“Todas essas ações preservam vidas, reduzem acidentes e possibilitam mais segurança nas estradas, e esses dados precisam ser mostrados com efetividade para que possamos construir um trânsito mais seguro”, relatou Letícia Pineschi.

 

Maio Amarelo

A campanha Maio Amarelo foi criada para alertar a sociedade sobre o alto índice de mortes e feridos no trânsito em todo o mundo. A ideia é alcançar uma ação coordenada entre o Poder Público e a sociedade civil. “A intenção é colocar em pauta o tema segurança viária e mobilizar toda a sociedade, envolvendo os mais diversos segmentos: órgãos de governos, empresas, entidades de classe, associações, federações e sociedade civil organizada para, fugindo das falácias cotidianas e costumeiras, efetivamente discutir o tema, engajar-se em ações e propagar o conhecimento, abordando toda a amplitude que a questão do trânsito exige, nas mais diferentes esferas”, acrescentou a entidade. (Com Agência Brasil)



Comentários desta notícia 0



Comentários - ver todos os comentários


Seja o primeiro a comentar!

© Copyright 2002-2019 SEGNEWS - Todos os direitos reservados - É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita da Rede SegComunicação. SEGNEWS e SEGWEB são marcas da BBVV Editora Ltda, devidamente registradas pelas normas do INPI — Instituto Nacional da Propriedade Industrial.