Roost apresenta ao mercado nova plataforma de monitoramento


Por Redação

20/05/2022  às  07:03:28 | | views 81


@freepik/adobestock

O objetivo é ajudar as empresas com avaliação de desempenho dos equipamentos e sistemas da infraestrutura de TI


A Roost, empresa de tecnologia especializada em soluções com foco em automação IoT, segurança, monitoramento omnidata, redes, edge performance e armazenamento, anuncia ao mercado sua nova plataforma. Batizada de Roost Operation Center (ROC) ela reúne serviços de Network Operation Center (NOC) e Security Operation Center (SOC).

 

A nova ferramenta de gerenciamento da Roost oferece às empresas um serviço especializado de monitoramento dos ativos de TI, avaliação de desempenho e falhas, além de recomendações de mudanças para correção de problemas e mitigação de riscos. “É uma solução completa que facilita o monitoramento do ambiente digital, garantindo visibilidade da infraestrutura de rede da empresa, para que os sistemas operem com segurança, eficiência e agilidade, sem interrupções”, destaca Eliezer Silveira Filho, Managing Director da Roost.

 

O serviço, que pode ser contratado no esquema 24 x 7, dependendo da necessidade de cada cliente, contempla direcionamento de rede ativo, proatividade na prevenção, identificação, priorização e notificação de falhas, além da correlação e gerenciamento de alarmes e eventos.

 

Saiba mais sobre os tipos de serviços oferecidos:

Monitoramento de falhas: consiste em monitoramento proativo em tempo real, identificando, classificando, priorizando e notificando possíveis falhas;

 

Monitoramento de desempenho: avalia o desempenho dos equipamentos de detecção de eventos, indicando a degradação ou uma piora da performance dos serviços monitorados;

 

Monitoramento de problemas: serviço para identificação da causa raiz, realizando a comunicação com os times de suporte dos ambientes para correção dos possíveis problemas;

 

Monitoramento de mudanças: apoio no plano de ajustes das atividades referentes ao monitoramento dos hosts contratados.

 

Monitoramento contínuo: monitoramento em tempo real de processos, softwares, tecnologias e infraestrutura de segurança da empresa, respondendo com mais rapidez e precisão a possíveis ataques;  

 

Prevenção e detecção de ataques: oferece alto poder de detecção de ameaças como tentativas de invasão de rede, sistemas e bancos de dados;

 

Suporte e resposta a incidentes: possibilita que a empresa aumente o seu potencial de resposta, agindo rapidamente e de forma eficaz para bloquear ou corrigir falhas, frear um ataque ou eliminar ameaças que possam se espalhar, seja danificando, roubando ou criptografando os arquivos.



Comentários desta notícia 0



Comentários - ver todos os comentários


Seja o primeiro a comentar!

© Copyright 2002-2019 SEGNEWS - Todos os direitos reservados - É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita da Rede SegComunicação. SEGNEWS e SEGWEB são marcas da BBVV Editora Ltda, devidamente registradas pelas normas do INPI — Instituto Nacional da Propriedade Industrial.