Início do 5G no Brasil exige inovação nas tecnologias de monitoramento


Por Redação

24/01/2022  às  11:32:47 | | views 6654


@IZYCOM Comunicação 360º

Dígitro Tecnologia inicia atualização de sistemas de inteligência para acompanhar nova conexão de internet móvel


Uma conexão de internet móvel mais rápida, ágil e robusta. Essa é a promessa do 5G, a tecnologia de transmissão de dados que está iniciando a operação do Brasil. A previsão da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) é que até julho de 2022, todas as 27 capitais brasileiras estejam com o 5G standalone em funcionamento, mas antes disso, uma solução híbrida (5G não-standalone), que aumenta a velocidade, já deve entrar em operação.

 

Uma das mudanças com o 5G é a capacidade de manter milhares de equipamentos conectados na mesma rede com possibilidade de operação remota. Isso vai significar um salto para as empresas e as indústrias. Para as pessoas, vai significar mais qualidade e velocidade na cobertura e o acesso à Internet das Coisas (IoT). Para as empresas, representa um avanço principalmente para a Indústria 4.0, contribuindo diretamente para a automação e a integração de diferentes tecnologias que incluem inteligência artificial e robótica.

 

Avanços para uma sociedade mais segura e conectada

A nova tecnologia vai exigir atualização dos sistemas de monitoramento e inteligência, para acompanhar a nova velocidade e a robustez das trocas de dados. Por isso, a Dígitro Tecnologia está modernizando as soluções de inteligência e monitoramento de seu portfólio, que possibilitará a utilização de tecnologias como transcrição de chamadas e biometria vocal.

 

 

“Reforçando o compromisso da Dígitro de ajudar a construir uma sociedade mais segura, transparente e conectada, a empresa está sempre atenta às evoluções tecnológicas que transformam o mundo, e com a tecnologia 5G, não será diferente. Estamos evoluindo nossas soluções e nos preparando para esse novo cenário tecnológico”, afirma o gerente de marketing de produto da Dígitro, Bruno Silva.

 

“Com a mudança do 4G para o 5G, há um novo protocolo para a realização do monitoramento. Temos que atualizar, mudar nosso produto para que possamos cobrir também a nova rede com tecnologia 5G”, complementa o gerente de marketing.

 

Especializada no segmento de Inteligência Investigativa, a Dígitro Tecnologia oferece plataformas digitais que realizam o tratamento de dados de diversas fontes, em meio a um grande volume de informações, para gerar evidências legais. A atualização dos produtos vai permitir que a empresa mantenha o pioneirismo e a segurança no tratamento da informação que a garantem a referência no setor no país.

 

 



Comentários desta notícia 0



Comentários - ver todos os comentários


Seja o primeiro a comentar!

© Copyright 2002-2019 SEGNEWS - Todos os direitos reservados - É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita da Rede SegComunicação. SEGNEWS e SEGWEB são marcas da BBVV Editora Ltda, devidamente registradas pelas normas do INPI — Instituto Nacional da Propriedade Industrial.