Startups do agronegócio podem ter prioridade em programa de financiamento


Por Redação

13/12/2021  às  10:10:20 | | views 6712


@freepik/Adobe Stock

Inovagro concede financiamento para a incorporação de inovações tecnológicas nas propriedades rurais


A Comissão de Agricultura, Pecuária, Abastecimento e Desenvolvimento Rural da Câmara dos Deputados aprovou projeto de lei que dá acesso preferencial aos financiamentos do Programa de Incentivo à Inovação Tecnológica na Produção Agropecuária (Inovagro) às ferramentas tecnológicas desenvolvidas por startups voltadas ao agronegócio.

 

Mantido pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), o Inovagro concede financiamento para a incorporação de inovações tecnológicas nas propriedades rurais, com foco no aumento da produtividade e melhoria da gestão.

 

O texto aprovado é o Projeto de Lei 3078/21, do deputado José Mário Schreiner (DEM-GO). A relatora, deputada Mara Rocha (PSDB-AC), deu parecer favorável à matéria.

 

“A proposição vai ao encontro dos anseios dos produtores rurais pelo desenvolvimento de ferramentas tecnológicas para aumentar a produtividade e reduzir custos”, disse Rocha.

 

Pelo projeto, as ferramentas desenvolvidas por “startups agro” serão financiadas pelo Inovagro desde que o recurso seja solicitado por produtor rural ou cooperativa de produção que se enquadrem como beneficiários do programa.

 

A proposta tramita em caráter conclusivo e será analisada ainda pelas comissões de Finanças e Tributação; e de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJ). (Com Agência Câmara)



Comentários desta notícia 0



Comentários - ver todos os comentários


Seja o primeiro a comentar!

© Copyright 2002-2019 SEGNEWS - Todos os direitos reservados - É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita da Rede SegComunicação. SEGNEWS e SEGWEB são marcas da BBVV Editora Ltda, devidamente registradas pelas normas do INPI — Instituto Nacional da Propriedade Industrial.