Seguradora vence prêmio Estadão Empresas Mais


Por Redação

17/09/2018  às  22:25:33 | | views 114


Divulgação
Diretora técnica e de relacionamento com clientes de saúde e odonto da SulAmérica, Raquel Giglio.

Companhia conquista, pela segunda vez, o primeiro lugar na categoria Seguros, Previdência e Capitalização


A seguradora SulAmérica foi a grande vencedora do prêmio Estadão Empresas Mais na categoria Seguros, Previdência e Capitalização. A cerimônia de premiação ocorreu no dia 13 de setembro, em São Paulo, com discurso de abertura do ministro da Fazenda, Eduardo Guardia. Cerca de 300 convidados, entre autoridades e executivos, marcaram presença no evento. Essa é a segunda vez que a seguradora conquista a 1ª colocação na categoria, sendo a primeira em 2016.

 

A diretora técnica e de relacionamento com clientes de saúde e odonto da seguradora, Raquel Giglio, subiu ao palco para receber o troféu em nome da companhia. Os superintendentes Orivaldo Lugarezi, do comercial, e Luciana Froehlich, de marketing e CRM, também representaram a empresa. "Estamos muito felizes de mais uma vez sermos reconhecidos por este importante prêmio que tanto nos orgulha. Esta conquista é reflexo de uma estratégia sólida de investimentos com foco na qualidade dos serviços e satisfação dos nossos segurados", pontua Giglio.

 

Promovido pelo quarto ano consecutivo, o prêmio é resultado de um estudo exclusivo para listar as maiores e mais eficientes empresas do Brasil. São avaliadas cerca de 3,6 mil empresas de 23 setores, com base em uma metodologia desenvolvida pela Fundação Instituto de Administração (FIA-USP), com apoio da Austin Rating.

 



Comentários desta notícia 0



Comentários - ver todos os comentários


Seja o primeiro a comentar!

© Copyright 2002-2018 SEGNEWS - Todos os direitos reservados - É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita da Rede SegComunicação. SEGNEWS e SEGWEB são marcas da BBVV Editora Ltda, devidamente registradas pelas normas do INPI — Instituto Nacional da Propriedade Industrial.