Governo anuncia cobertura 4G e internet gratuita na Ilha de Marajó


Por Redação

09/10/2020  às  13:13:38 | | views 3810


© Marcello Casal Jr./Agência Brasil

A estrutura de conexão deve estar concluída até 2022


O governo federal anunciou hoje (9) a implantação da rede de comunicação banda larga móvel 4G na Ilha de Marajó, no Pará, e de ponto de internet gratuita para a população. A ação acontece no âmbito do plano de ação do programa Abrace o Marajó, também apresentado nesta sexta-feira pelo governo, em cerimônia realizada em Breves, município da ilha.

 

De acordo com o Ministério das Comunicações, seis localidades de Marajó passarão a ter cobertura 4G, grande parte em área rural. A estrutura de conexão deve estar concluída até 2022. Serão beneficiados os distritos de Mainard, Câmara do Marajó, Retiro Grande, Piriá, São Miguel do Pracuúba e Joanes, alcançando mais de 7 mil habitantes.

 

A partir do plano de universalização da telefonia, aprovado pelo Decreto 9.619/2018, as empresas de telefonia se tornam obrigadas a disponibilizar a cobertura, com toda a estrutura de acessibilidade, até 2023.

 

Além das seis localidades no interior da ilha, a cidade de Breves está contemplada no Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) celebrado entre a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) e a empresa TIM. O documento prevê a cobertura 4G, financiado pela operadora, em 350 municípios do Norte, Nordeste e Centro-Oeste do país.

 

WiFi na Praça

Também foi anunciado hoje a ativação de mais um “WiFi na Praça”, projeto que permite o acesso gratuito e ilimitado à internet em praças públicas. A conexão é via satélite com um raio de cobertura de 200 metros.

 

De acordo com o Ministério das Comunicações, a comunidade de Corcovado, no município de Breves, é a segunda localidade no país a receber a ativação do projeto. O primeiro WiFi na Praça foi implementado no município de Angélica, comunidade rural do Rio Grande do Norte, em agosto deste ano.

 

Por meio do programa Governo Eletrônico foram instalados 94 pontos de internet banda larga via satélite na Ilha de Marajó, em áreas urbanas e rurais, atendendo escolas, unidades de saúde, pontos de fronteira, uma faculdade e uma biblioteca. (Com Agência Brasil)



Comentários desta notícia 0



Comentários - ver todos os comentários


Seja o primeiro a comentar!

© Copyright 2002-2019 SEGNEWS - Todos os direitos reservados - É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita da Rede SegComunicação. SEGNEWS e SEGWEB são marcas da BBVV Editora Ltda, devidamente registradas pelas normas do INPI — Instituto Nacional da Propriedade Industrial.