Stefanini vence Prêmio Época Negócios 360º em duas categorias


Por Redação

25/10/2018  às  17:16:15 | | views 101



Com 410 pontos, multinacional brasileira conquistou o segundo lugar geral no ranking das 337 melhores empresas do País


A Stefanini, uma das mais importantes provedoras globais de soluções de negócios baseadas em tecnologia, conquistou duas premiações na 7ª edição do Prêmio Época Negócios 360º, realizada ontem na Estação das Artes na Sala São Paulo. Considerada a 5ª empresa mais internacionalizada segundo Ranking da Fundação Dom Cabral (FDC), a Stefanini venceu nas categorias Tecnologia – Software e Serviços e Inovação. No ranking das 337 melhores empresas do País, a empresa ocupou a segunda posição geral, alcançando um total de 410 pontos.

 

A ordem de colocação geral segue a pontuação de cada companhia em seis dimensões: desempenho financeiro, governança corporativa, inovação, pessoas, sustentabilidade e visão de futuro. Ao total, foram avaliados 27 setores da economia em pesquisa conduzida pela Fundação Dom Cabral. Além de ocupar o 2º lugar no ranking geral, a Stefanini foi considerada a melhor empresa por origem de capital privado nacional e a melhor sem ações na bolsa.

 

Para Marco Stefanini, fundador e CEO global da Stefanini, a conquista do prêmio de Inovação reflete os investimentos que vem realizando na formação de um ecossistema de inovação, que abrange todo o espectro de transformação digital liderado pela companhia nos últimos anos, com uma série de aquisições de startups. “Começamos há cinco anos e aceleramos nos últimos dois”, destaca o executivo.

 

Um dos destaques da companhia nesta jornada de transformação é o lançamento da plataforma de inteligência cognitiva batizada de Sophie, implementada em empresas de diversos segmentos no Brasil e no exterior. Na Caixa Econômica Federal, a assistente virtual recebeu o nome de AIXA e beneficia mais de 150 mil usuários via portal de autoatendimento interno do banco ou Skype for Business, solucionando questões internas, consultas e centenas de outras transações.

 

A ferramenta é capaz de interagir com usuários humanos e sistemas por meio de um conjunto crescente de interfaces de texto. As interações passam a seguir fluxos de conversas simples e naturais, permitindo a busca de informações de maneira dinâmica nos sistemas da Caixa, além de facilitar a abertura de tickets de atendimento (Requisições de Serviços e Incidentes). Tudo de forma integrada e intuitiva. “Trata-se do maior projeto de inteligência cognitiva que desenvolvemos no Brasil até o momento”, ressalta.

 

Marco Stefanini menciona que pretende acelerar os planos de internacionalização em 2019. “A expectativa é de novas aquisições. Estamos monitorando oportunidades que possam complementar o nosso negócio”, finaliza.



Comentários desta notícia 0



Comentários - ver todos os comentários


Seja o primeiro a comentar!

© Copyright 2002-2018 SEGNEWS - Todos os direitos reservados - É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita da Rede SegComunicação. SEGNEWS e SEGWEB são marcas da BBVV Editora Ltda, devidamente registradas pelas normas do INPI — Instituto Nacional da Propriedade Industrial.