Ex-superintendente da PF assume combate a crimes financeiros


Por Redação

08/10/2019  às  12:28:10 | | views 1842



O cargo que o delegado ocupará está vinculado à Diretoria de Investigação e Combate ao Crime Organizado


Ex-superintendente da Polícia Federal (PF) do Rio de Janeiro, o delegado Ricardo Saadi assumirá a chefia do Serviço de Repressão a Crimes Financeiros, do Ministério da Justiça. Assinada pelo diretor-executivo da PF, Disney Rosseti, a portaria com a nomeação de Saadi para o cargo foi publicada no Diário Oficial da União desta terça-feira (8).

 

O cargo que o delegado ocupará está vinculado à Diretoria de Investigação e Combate ao Crime Organizado. Segundo o regimento interno da PF, compete à diretoria “dirigir, planejar, coordenar, controlar e avaliar a atividade de investigação criminal relativa a infrações penais de atribuição da Polícia Federal” e “propor ao diretor-geral [do órgão] a aprovação de normas e o estabelecimento de parcerias com outras instituições”.

 

Nomeado superintendente regional da PF no Rio de Janeiro em fevereiro de 2018, Saadi deixou o comando da superintendência em agosto deste ano, sendo substituído por Tácio Muzzi. Doutor em Direito Político e Econômico, Saadi já dirigiu o Departamento de Recuperação de Ativos e Cooperação Jurídica Internacional do Ministério da Justiça. (Com Agência Brasil)



Comentários desta notícia 0



Comentários - ver todos os comentários


Seja o primeiro a comentar!

© Copyright 2002-2019 SEGNEWS - Todos os direitos reservados - É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita da Rede SegComunicação. SEGNEWS e SEGWEB são marcas da BBVV Editora Ltda, devidamente registradas pelas normas do INPI — Instituto Nacional da Propriedade Industrial.